Perto de 100 jovens "emo" mortos no Iraque, acusados de homossexualidade e de adorarem o diabo  -

Perto de 100 jovens "emo" mortos no Iraque, acusados de homossexualidade e de adorarem o diabo

13/3/2012   Milícias conservadoras atiraram a matar e espancaram até à morte perto de uma centena de jovens nos últimos meses.

Cerca de 100 jovens "emo" foram mortos nos últimos meses por milícias conservadoras no Iraque. Segundo notícia da BBC, os jovens são na maioria rapazes e as mortes (a tiro e por espancamento) aconteceram depois de o Ministro da Administração Interna iraquiano ter dito que os "emos" são adoradores do diabo e homossexuais.
O alarme foi dado por ativistas dos direitos humanos, que avançam também que foram distribuídos em Bagdade, pelas milícias, panfletos com os nomes de 20 jovens que diziam ter de ser punidos por serem "emo".
Um religioso do bairro Shia Sadr City, onde foram distribuídos os referidos panfletos, descreveu a juventude "emo" da seguinte forma: "São a praga da sociedade muçulmana e os responsáveis devem ser eliminados através de vias legais", acusando-os também de "loucos e tolos".
Segundo descrições, alguns dos jovens são mortos com repetidas pancadas na cabeça e outros são atirados de telhados de edifícios muito altos.
Foto: Getty Images 

 [blitz.sapo.pt]

Nenhum comentário:

Postar um comentário